Tradução: Jeune et Jolie (Junho de 1991)

Vanessa Paradis: Franca, simples, sincera, cativante, isso é bem ela.
Se você lembrasse dos melhores momentos de sua gravação com Gainsbourg, quais retornariam a sua memória?
Meu primeiro encontro com ele, foi mágico, depois também as descoberta dos textos e das músicas. Mas, sobretudo foi a minha descoberta de um homem, de uma gentileza, de uma política extraordinária. Era demais, porque ele tinha duas naturezas, Gainsbourg e Gainsbarre, claro que eu preferia Gainsbourg.

Se sua carreira acabasse amanhã, o que você gostaria que as pessoas guardassem de você?
Minha sinceridade, que eu não sou superficial, que eu jamais trapaceei, jamais.

Você já pode fazer um balanço de toda a sua jovem carreira?
Oh! Ah, meu Deus, minha carreira. Digamos que eu não pensava em crescer assim; um pouco como um boomerang, tudo foi em uma velocidade em V maiúsculo, eu estou ciente, mas eu amo isso, em todo caso, eu não me arrependo nem dos maus momentos.

Por que você espera tanto tempo para subir em um palco?
Porque eu tenho medo, e eu não me sinto pronta. Então eu espero. Em revanche, eu sei já que escolherei uma pequena sala para o contato.

Quais foram os últimos shows que você viu?
UB 40.

Que tipo de música você escuta no momento?
Estou muito Clash, e Prince sempre.

Você já pensa no seu próximo álbum, ou ainda está cedo?
Eu vivo no presente. Eu tenho horror em me projetar no futuro, eu não quero saber o que vai me acontecer. Às vezes, isso é bom, e outras, isso te reserva más surpresas. Mas de toda maneira, eu ando conforme as batidas do coração.

Como você reagiu se vendo em Marianne em Bébête Show?
Há vezes que eu adoraria que me esquecessem, mas tudo bem, é assim mesmo.

Judith Godrèche pensa que você errou propositalmente na noite do César declarando a vencedora, que então era outra. O que você pensa?
Francamente, eu queria que isso tivesse acontecido com outra, mas isso aconteceu comigo. Vocês sabem o medo do palco, tudo isso, o horror. E bizarramente uns dias depois da famosa noite, eu a encontrei em um restaurante, eu me desculpei e expliquei, parecia ter um ar de que estava resolvido. Mas como podemos pensar que eu tinha feito de propósito, sabendo muito bem que, fazendo isso, todo mundo iria cair em cima de mim.

Você é assim apaixonante também na vida como é no palco?
Eu adoro me maquiar, é verdade que estou sempre um pouco maquiada, sobretudo nos olhos.

Na TV são profissionais que te maquiam, porque você está sempre divinamente maquiada.
Não, sou eu, eu aprendi. No inicio não era nada genial, mas agora me agrada. Eu mesma me maquio, porque eu tenho muito problemas de pele, como alergia.

Se amanhã te propõem um filme super interessante, o papel da sua carreira, você estaria pronta para mudar de ideia, como por exemplo, cortar os cabelos?
Se não me pedissem para raspar a cabeça, claro, ainda mais se fosse o papel da minha vida.

Em que roupas você se sente melhor?
No jeans.

Você pensa ser um modelo em matéria de moda e de look entre as moças?
Não bem um modelo, mas digamos que eu correspondo ao que acontece a fora. Durante muito tempo, as mulheres tinham cabelos meio longos, e hoje é assim, isso deve vir do sol, do tempo.

Você sente próxima ainda das moças da sua idade?
Isso é impossível, a maioria das moças da minha idade vivem ainda na casa dos pais, jamais trabalharam. Não somos confrontadas aos mesmos problemas. Há forçadamente uma diferença.

O que você pensa então das pessoas da sua idade?
Eu não posso me permitir julgar, minha vida é muito distante da deles, eu não sei quais são suas primeiras preocupações, eu não obedeceria.

Você já sofreu por amor?
Sim, claro.

Que romântica você é?
Pra mim, a amizade e o amor são muito ligados. Eu sou muito apaixonada, eu dou tudo de coração, fico totalmente nua. Eu não suporto ser usada e enganada: nesses casos, eu sinto que eu me fiz ter e é uma sensação horrível.

O que é pra você o grande amor?
É quando estamos bem com alguém, que nos sentimos completos, que não nos falta nada, que você tem a impressão de encontrar a parte que te faltava.

Você gostaria de ter filhos?
Ah! Sim.

Você acha que existe uma idade ideal para se tornar mulher?
Isso não quer dizer nada, não existe uma regra. Nós podemos ser felizes jovens, encontrar o homem de nossa vida cedo, não sabemos.

O que te faz ficar triste?
A morte dos outros.

E a sua?
Eu não penso, de toda maneira o dia vai chegar, mas o mais tarde possível.

Em qual situação você se sente mais abalada?
Na mentira e enganações.

Qual a mais bela declaração que poderiam te fazer?
Que eu sou uma pessoa excepcional, o mínimo que posso ler em seus olhos.

E você, qual seria a mais bela que diria?
Eu não acredito que isso aconteça em palavras, mas isso é mais pelo olhar, uma atitude, quando outro te vê abandonada e que ele sinta que não podemos dar mais.

Qual o melhor presente que te deram?
Isso não é material, mas sim sentimental.

Você acha que é fácil de conviver?
Eu sou um camaleão. Eu emprego tempos, problemas na minha cabeça e quando não estou bem fica visível. Eu não posso me forçar, então eu não devo ser fácil conviver.

Pra você o que é um dia bem sucedido?
Um dia muito inesperado.

Qual é seu projeto imediato?
Gravar com Jean-Paul Goude o comercial do perfume Coco da marca Chanel. Quando eles me fizeram a proposta, eu disse sim imediatamente, ainda mais eu uso Chanel e depois, é um sonho! Eles querem rejuvenescer, por isso me escolheram.

E o cinema?
Não me propuseram nada de bom, mesmo se eu tenha que esperar anos, eu vou aguardar o papel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s