Entrevista e fotos de Vanessa Paradis para V Magazine

Na edição de Novembro da V Magazine, podemos conferir quatro páginas com a Vanessa. Com entrevista (ainda sobre Café de Flore) e um photoshoot inédito (e maravilhoso!).

Confira trechos da entrevista dada por ela:

“Eu sei o que vou fazer depois, o próximo é o meu álbum. Mas depois disso eu não sei “, diz Vanessa Paradis…

… Ela também foi em Nova York preparando seu papel como uma viúva judia ortodoxa em Fading Gigolo, de John Turturro, o primeiro filme em 12 anos em que Woody Allen atua sem dirigir.

“Se você já viu os filmes de Jean-Marc Vallée (diretor de Café de Flore), você sabe que eles são muito, muito poderosos”.

Costar Marin Gerrier, o ator de sete anos de idade, com síndrome de Down que interpreta o filho de Jacqueline, Laurent, aparece em quase todas as cenas de Paradis… “Ele me fez um atriz melhor”, diz ela com adoração. “E a graça, a verdade e o poder deste menino… Isso nos leva para um nível superior. É uma característica da síndrome de Down ser muito demonstrativo com ternura, com beijos e abraços — tudo é basicamente assim. É totalmente puro. Não é estragado com uma maneira de pensar. É muito, muito honesto e muito generoso”.

“Quero envelhecer naturalmente, e eu espero ser uma mulher que ainda tem os olhos da criança”, diz ela. “Não importa quantas rugas que você tem. Você ainda tem um interesse na vida e nas pessoas e elas podem ver aquela luz em seu rosto”.

“Estou admiradora da Chanel“, diz ela. “E quanto mais eu conheço e quanto mais eu trabalho com eles, mais fico fascinada. Não é apenas uma casa de moda e sonhos e glamour, eles são artesãos. Eu sou apaixonado por pessoas que criam coisas bonitas com a imaginação e com as mãos”.

Levando em conta a mudança recente da sua vida pessoal, correndo riscos, mas seletiva, Paradis pretende ser mais artisticamente ativa? “Se eu fizer mais do que eu estou fazendo agora, eu vou ser demitido como uma mãe”, ela diz com uma risada. “Eu faço um monte de coisas. Mas eu não vejo isso como, Oh, bem, agora eu vou fazer mais coisas. Há coisas que você investiga — especialmente a música, porque a música é a minha coisa. É diferente do que fazer parte de um filme quando você está na visão de outra pessoa, no projeto de alguém — embora eu amo isso também”.

Paradis está atualmente trabalhando em seu sexto álbum de estúdio, uma colaboração com o cantor famoso e produtor francês Benjamin Biolay, que produziu e co-escreveu os dois álbuns primeiros álbuns de Keren Ann (e foi casado com Chiara Mastroianni, filha de Catherine Deneuve e Marcello Mastroianni). Ela promete arranjos influenciados por um diário de viagem de gêneros abrangendo africano, francês, reggae, e cubanos. “Eu gostaria de fazer exatamente como eu estou fazendo agora, mas com novas experiências”, diz ela. “É qualquer coisa que vem no seu caminho”.

A entrevista completa, você pode conferir aqui: Paradis found, e todas as fotos da matéria no nosso Flickr.
Obrigada a Meixang.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s