Vídeo: Entrevista para “C’est au programme”

Nova entrevista que foi ao ar nesta semana.

15

Clique para ver o vídeo | Clique para ver as screencaptures

Vanessa confirma que as músicas não estão ligadas a separação, e que foram escritas bem antes do “fato”, dizendo que jamais iria expor sua vida assim. Quando perguntada sobre o que diria àquela “garotinha” de 14 anos que cantou Joe Le Taxi, ela ri e responde dizendo que não sabe, que nem ao menos diria aproveite, pois aquela menina aproveitou bem. Ainda fala sobre Gainsbourg e a referência que ele é, e após sobre seus mais de 25 anos de carreira (ela parece se emocionar nesse momento), que deixaram grandes aventuras musicais, viagens, encontros com pessoas excepcionais, amizades…

Após a entrevista, os convidados elogiam o novo disco, Love Songs e principalmente a música La Chanson Des Vieux Cons, que na opinião deles pode concorrer no Les Victoires de La Musique no próximo ano como Melhor do Ano.

Anúncios

3 comentários sobre “Vídeo: Entrevista para “C’est au programme”

  1. Francamente, acho dificil acreditar nisso. Ela fala isso pra despistar mas em outra entrevista ela disse que “o fato” que aconteceu na vida pessoal dela resultou neste disco e agora que conheço todas as letras acredito mais do que nunca que foi esse fato e o estado de espírito dela ligado ao fato que a levou a compor e escolher exatamente essas músicas para o disco. Confesso que me assustei, porque a maior parte do disco fala em traição, separação, perdas e tristeza. Alé de Darkness it comes, que já comentamos, New year fala que a dor vai cicatrizar com o tempo, Les Remparts tem a frase final certeira e clara “então nos separamos”, Uma outra música diz “meu passarinho voou”, outra diz “em algum lugar terei que ser feliz, longe da sua terra, das suas memórias” e Plus d’amour fala de dois leões presos numa jaula sonhando com outras praias. A Uma outra fala “ainda sem o bastante sobre você para furar seu curacao”. e por aí vaí. Por isso fica mesmo claro que o disco é (e quase completamente) sobre a separação. Até a Starion 4 de Septembre que acho linda não tem uma letra muito alegre. Poucas músicas mostram ela dando a volta por cima e sendo feliz como Love Songs e Les Roses roses, que adorei.

    • pois é, e a Van sabe que mesmo negando (virou mania dela negar tudo hahaha), as pessoas ligariam COM CERTEZA essas letras a vida pessoal dela, e se ela não fala nada, não dá um basta, vão continuar falando, é o preço que se paga pela fama.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s