Tradução: Entrevistas de Vanessa e Lily-Rose

frf

Vanessa Paradis e sua filha e Lily-Rose Depp deram algumas entrevistas nesses últimos eventos da Chanel, então traduzi duas reportagens e vocês podem conferir abaixo.

A segunda matéria é bem tendenciosa e beira o ridículo, o jornalista trata a Lily – com apenas 16 anos e sem ter feito nenhum trabalho de fato – como um ser divino e extraordinário. É tudo muito exagerado, mas, tirando isso, é legal ver a Lily falando pela primeira vez, nem que seja poucas palavras.

InStyle EUA:

Com apenas 16 anos de idade, a atriz Lily-Rose Depp majestosamente nos impressionou com sua capacidade de brilhar na frente da câmera e levar a si mesma como uma superstar certificada. E enquanto temos certeza que seu amado pai, Johnny Depp, ensinou-lhe uma coisa ou duas sobre como se inserir sob os holofotes, é a mãe Vanessa Paradis que está completamente impressionada com a forma como ela está lidando com a fama.

Ontem à noite, em Londres, Paradis e a jovem Depp entraram na Galeria Saatchi para cumprimentar outras musas da Chanel como Rita Ora e Julianne Moore, para a exposição “Mademoiselle Privé”, onde os retratos fotografados por Karl Lagerfeld estão pendurados, o dueto entre mãe e filha e outras estrelas famosas. Então, qual foi a reação de Paradis ao ver a fotografia impressionante de sua filha? “É muito emocionante ver a foto de Lily-Rose pendurada na parede. É como quando você ouve uma de suas primeiras canções pela primeira vez no rádio. As músicas existem, mas elas existem ainda mais quando as pessoas podem chegar a ela, então eu fico arrepiada.”

A cantora francesa descreveu o caráter forte de Lily-Rose. “Ela faz o que quer fazer. Não fiquei surpresa que ela tenha entrado para esta indústria. Fiquei surpresa que aconteceu tão cedo, mas não surpresa que isso é o que ela está fazendo, ela é feita para isso.” Paradis acrescentou, explicando como as duas pedem conselhos uma para a outra.Eu peço a opinião dela e ela pede a minha, é claro. Como mãe e filha nós conversamos e nós falamos sobre o negócio, mas honestamente ela entendeu tão bem e eu estou muito feliz.”

Quanto a Lily-Rose, a mãe é certamente um modelo. Ela só me dá o mesmo conselho que qualquer outra mãe daria, basta fazer o seu melhor, e ela está orgulhosa de mim, ela me apoia. É legal que minha mãe está na exposição também. Ela trabalhou com Chanel muito tempo, então é legal. Ela está linda. Ela é uma boa mulher, então ela está bonita.”

Lily-Rose considera Lagerfeld “a melhor pessoa que eu já tirei fotos”, mas apesar de sua experiência, a jovem estrela acredita que este é apenas o começo. “Eu estou apenas começando, então eu ainda tenho muito a aprender. Eu aprendo com meus diretores, eu aprendi com os meus colegas de elenco, eu aprendi com a equipe de filmagem, todos no set tem sua própria maneira de trabalhar e suas próprias coisas para trazer para a mesa, então estar nesse ambiente faz você aprender muito.”

i-D França:

O ser humano deve admirar. Ele precisa, é assim. Ícones e deuses caíram, e daí? Continuamos a olhar para o céu (bem, em nossas telas, colocado acima ou abaixo) e babamos, uma fantasia, um desejo. Nem sempre dá coisas gloriosas, certamente. Mas também dá Lily-Rose Melody Depp, 16, ascendência divina (ela é a filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis), espaço de maçãs do rosto (yeah, ela é a filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis) e vontade interplanetária (ela tem o Instagram o mais legal planeta Terra e uma carreira no cinema em incubação): uma sublime pequena beleza alienígena e modernidade. Um monstro de franqueza e simplicidade, especialmente:

“Eu cresci com a atenção da mídia. Toda a minha vida. Meus pais eram muito tranquilos sobre isso, com fotógrafos, fãs e tudo isso. Mas logo percebi que eu não tinha feito nada de especial para merecer essa atenção. Aconteça o que acontecer, ela estará lá. Não sou eu quem escolhi. Não dá pra levar tudo tão a sério. Você tem que viver. E manter a calma.”

Lily-Rose é uma calma olímpica quando a encontramos nos bastidores depois do show Chanel, é o centro de um pequeno círculo de onde escapam delicados pequenos gemidos. Se reuniu em torno dela todo o mundo de it-girls (Cara, Kendall, Stella, Lindsey…). Todos vieram admirar a criança divina. Há seis meses (uma eternidade em tempo internet), já na Chanel, ela fez seus primeiros passos em pastel. Depois de uma campanha da Chanel, Lily-Rose teve tempo para assinar dois papéis importantes em dois filmes franceses (Planetarium de Rebecca Zlotowski ao lado de Natalie Portman e La Danseuse de Stephanie Di Giusto ao lado de Soko). Como um grande dia (ao terceiro desfile), Lily-Rose irradia educação, sorri graciosamente, fica em pé em seu bustiê, seus ossos de fora. Kaiser Karl veio de longe, Vanessa monitora – um pouco mais perto. “Por enquanto, a coisa que eu mais gosto é de fazer filmes. Isso me ajuda a me tirar de mim mesmo, para se tornar outra pessoa. É liberador, faz realmente bem”, explica Lily Rose. Nós perguntamos se ela pretende fazer sua carreira, ela dá de ombros, sorri antes de acrescentar: “Eu sou Gêmeos, muito espontânea. Por enquanto, eu me divirto fazendo isso, vamos ver mais tarde.” O ar de nada, sem parecer, ela traça seu caminho.

Lily-Rose Melody Depp não finge ser extraordinária, ela é. Deve haver uma hashtag para isso – a realidade mais bela do que nas telas. Não deve ter em outro lugar. Melhor sem filtro, melhor sem contorno, e se era isso, o futuro?

“Eu sei que meu Instagram é um pouco diferente das outras meninas, por exemplo daqueles que são da moda. Mas é realmente a isso que se parece com a minha vida. Meu redor, meus amigos da escola, nós todos temos um instagram um pouco engraçado, com senso de humor. É assim que eu sou. Essa sou eu. Não se leve muito a sério. Devemos rir, viver, ser natural.”

Mais Lily-Rose fala, mais nós ficamos encantados, espantados por sua normalidade, a sua aparente incapacidade de enganar e jogar no jogo da entrevista. Nós estávamos quase com medo por ela, nós queremos protegê-la, para explicar que o mundo lá fora, longe da Chanel e da mamãe, está desesperado para dar golpes. Então, lentamente, sua voz endureceu, seu olhar se firma, os ombros se posicionam com cuidado. E nós compreendemos: ela não é frágil, ela é apenas doce.

Há algumas semanas, ela se comprometeu com a causa LGBTQ em seu Instagram, quando perguntado se esta é uma luta importante para ela, ela responde com um prumodesconcertante de simplicidade: “Bem, sim, obviamente, Para mim a liberdade de ser e de amar é a coisa mais importante que existe. Todo mundo tem o direito de amar quem eles querem, viver como ele querem.” Lily-Rose não é famosa porque ela é uma filha de estrela, incrivelmente bela, ou até mesmo uma atriz a vir, Lily-Rose é famosa porque ela vai fazer nos fazer muito bem. Um pequeno anjo em suma.

Caso forem repassar, favor dar os créditos ao Vanessa Paradis Brasil
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s