Filmografia

Boda Branca (Noce Blanche, 1989)

Cartaz Oficial

Direção: Jean-Claude Brisseau
Personagem: Mathilde Tessier
Sinopse: Mathilde (Vanessa Paradis), uma garota de 17 anos tem uma visão cínica do mundo e uma vida turbulenta. Seu professor de filosofia de 47 anos, François (Bruno Cremer), acaba por cruzar seu caminho e decide ajuda-la a estudar. Eventualmente, os dois acabam se envolvendo em um relacionamento amoroso, mas precisam deixar seu romance um segredo da esposa de François, Catherine (Ludmila Mikaël), e da escola. 


Curiosidades:

  • Vanessa teve muitos problemas com o diretor durante a gravação, ele chegou a falar que trabalhar com ela foi uma merda, porém ela não desistiu, pois se encantou muito com o papel, e seguiu firme e forte até o final.
  • Com esse filme, ela recebeu o prêmio César (Oscar francês) de atriz revelação, e o Romy Schneider.
  • Ela deixou a escola durante a gravação.
  • No Brasil, é possível encontrar em fita VHS
  • Só na França, o filme chegou aos 1.819.295 telespectadores, números ótimos dentro do mercado cinematográfico francês de filmes de baixo orçamento. Alcançou o sucesso aqui na América do Sul também.

Elisa em Sua Honra (Élisa, 1995) 

Cartaz Oficial

Direção: Jean Becker
Personagem: Marie Desmoulin
Sinopse: Após assistir ao suicídio da própria mãe (a Elisa do título), a garota Marie (Vanessa Paradis) é levada a um orfanato, onde cresce revoltada com a tragédia da infância e com a indiferença dos avós, que haviam repudiado mãe e filha. Mas o que Marie mais deseja é vingar-se do pai (Gérard Depardieu), sumido desde antes de seu nascimento, e que ela tenta encontrar a qualquer custo. Encontra-o numa ilha próxima à Inglaterra, completamente tomado pela bebida e compositor decadente há dez anos, desde que a esposa morreu. Comovida com a situação, ela decide ajudá-lo a se erguer.

Curiosidades:

  • O filme foi uma homenagem ao ícone francês Serge Gainsbourg (o qual escreveu o segundo álbum da Vanessa), e leva o título de uma de suas canções mais famosas, Élisa
  • Está disponível por aqui também em VHS
  • Como Boda Branca, Élisa foi um sucesso levando em conta o seu orçamento, com mais de 2.473.193 de entradas só na França.

Duelo de Bruxos (Un Amour de Sorcière, 1997)

Cartaz oficial

Direção: René Manzor
Personagem: Morgane
Sinopse: Pela tradição, Morgane (Vanessa Paradis) terá de eleger um padrinho para seu filho Arthur. Mas existem apenas seis bruxos na Terra e o único bruxo que poderia ser o padrinho é Molok (Jean Reno), o último bruxo representante do mal que precisa de um descendente. Por esse motivo, ela recusou escolhê-lo. E a única opção é encontrar um mortal que nasceu no mesmo dia e hora que Arthur, esse mortal é Micheal Firth, um inventor americano por quem Morgane acaba se apaixonando. Mas Molok não vai permitir tão facilmente que Micheal seja o padrinho. Juntamente com Micheal e Eglantine (Jeanne Moreau), Morgane tenta impedir que Molok pegue seu filho


Curiosidades:

  • Em entrevista a revista Elle França, em 1998, Vanessa comenta sobre um filme ao qual ela não se orgulha. Fontes dizem que esse tal filme foi Duelo de Bruxos, pois o que ela imaginou lendo o roteiro ficou diferente do resultado final, e que isso a decepcionou
  • Foi o primeiro filme dela a conseguir menos de 1 milhão de entradas na França, com apenas 977.354.
  • É possível encontra-lo em VHS aqui no Brasil

Duas Chances em Uma (1 Chance Sur 2, 1998)

Cartaz Oficial

Direção: Patrice Leconte
Personagem: Alice Tomaso
Sinopse: Alice Tomaso (Vanessa Paradis) saiu da cadeia por roubar carros um mês depois da morte de sua mãe, que deixou um audiocassette para ela revelando que à 20 anos atrás amava dois homens (Jean-Paul Belmondo e Alain Delon) ao mesmo tempo e nunca soube qual deles era o seu pai. Então, Alice vai atrás deles e encontra dois homens vivendo estranhamente. Agora eles são velhos e estão envolvidos em uma briga com a máfia russa.

Curiosidades:

  • Esse filme foi a volta da parceria Delon/Belmondo aos cinemas
  • Como foi uma produção de orçamento maior e a volta da dupla, um sucesso de bilheteria era aguardado, mas o filme só alcançou 1.180.403 entradas.
  • Na premiere, Vanessa foi de muletas, devido ao acidente que sofreu de moto-neve no Canadá dias antes
  • Também pode ser encontrado em VHS no Brasil

A Garota na Ponte (La Fille Sur Le Pont, 1999)

Cartaz Oficial

Direção: Patrice Leconte
Personagem: Adèle
Sinopse:Adèle (Vanessa Paradis), uma garota desesperada e com vários romances fracassados, deseja profundamente morrer. Tenta se matar pulando de uma ponte, mas é salva por Gabor (Daniel Auteuil), um atirador de facas e acaba se tornando sua parceira no número circense. Bem-sucedidos em seu perigoso ofício, os dois se envolvem em uma diferente e livre relação apaixonada.


Curiosidades:

  • Apenas uma única vez foi possível assistir em cores, e isso aconteceu no Japão, em 2000. Inicialmente ele seria colorido, mas o diretor nos últimos minutos decidiu deixar em p&b.
  • O monólogo nos primeiros 8 minutos de filme com Adèle foi filmado com apenas uma repetição da Vanessa
  • Ela teve de cortar os cabelos muito curtos, devido a insistência do diretor
  • Anos depois, em uma entrevista, Leconte comentou que durante as gravações todos já sabiam da gravidez dela, pois os figurinos da personagem começaram a ficar apertados, e a costureira teve de realizar os ajustes
  • Por ser realizado em p&b, o filme alcançou muitos telespectadores, 867.952 na França, e lucrou mais de US$ 1,5 milhão só nos EUA, também um ótimo número, por se tratar de um filme francês de baixo orçamento
  • O filme concorreu em muito prêmios, incluindo o de melhor atriz para Vanessa (muitos críticos dizem ser o melhor filme de sua carreira), mas acabou levando somente um

Atomik Circus – Le Retour de James Bataille (2004)

Cartaz Oficial

Direção: Didier Poiraud e Thierry Poiraud
Personagem: Concia
Sinopse:James Bataille (Jason Flemyng) é apaixonado por Concia (Vanessa Paradis), uma cantora cujo pai, Bosco (Jean-Pierre Marielle), executa o único festival na pequena cidade, Skotlett, onde vivem. Durante o festival James destrói acidentalmente o bar de Bosco e é condenado por 133 anos de prisão. Mas ele foge para buscar Concia e salvar a cidade de uma terrível ameaça alienígena.

Curiosidades:

  • Para muitos, o filme é considerado um clássico do cinema cult/trash, para outros, é um dos piores já feitos.
  • A crítica não é amigável quando se fala em Atomik Circus, mas a parte musicaldo filme é ao contrário, concorreu a melhor trilha sonora original no Victoires de La Musique
  • Foi o retorno da Vanessa ao cinema, após 6 anos longe das gravações, devido ao nascimento de Lily-Rose, o cd Bliss e a turnê, e depois o nascimento de Jack.
  • Atomik foi a realização do sonho da Van, que era atuar e cantar no mesmo trabalho
  • Não passou dos 239.948 telespectadores na França, mas no Japão, o filme fez grande sucesso, ganhando até um site oficial

Meu Anjo (Mon Ange, 2005) 

Cartaz OriginalDireção: Serge Frydman
Personagem: Colette
Sinopse:Uma noite Colette (Vanessa Paradis) recebe um telefonema. Uma mulher em pânico pede a ela para pegar seu filho e trazê-lo para encontrá-la em uma estação de trem no dia seguinte. Ela pega o garoto chamado Bill (Vincent Rottiers), que já não é mais uma criança como pensava. Na estação, Colette não encontra sua mãe, Bill acaba sabendo que ficou órfão devido a uma dívida, que irá herdar. Embora Colette ainda não o conheça bem, os problemas de Bill acabam se tornando dela. Suas vidas agora estão ligadas, pois ela é tudo que ele tem no mundo e ele, talvez, seja tudo que ela tem

Curiosidades:

  • O filme tem críticas razoavelmente favoráveis,  possui uma história linda e envolvente, tudo para ser um sucesso de bilheteria, porém não emplacou nos cinemas, chegando a somente 173.987 entradas, e ainda ficou menos de 03 semanas em cartaz
  • O diretor trabalhou com Leconte e Vanessa em Duas Chances em Uma e A Garota na Ponte. Meu Anjo foi seu primeiro filme
  • Nunca foi oficialmente lançando no Brasil, porém é possível assisto-lo de tempos em tempos no canal francês com sinal no Brasil, T5MONDE América Latina

Dogão, Amigo Pra Cachorro (Pollux, Le Manège Enchanté, 2005)

Cartaz Original

Direção: Dave Borthwick, Jean Duval e Frank Passingham
Personagem: Margotte (voz)
Sinopse: Dogão é um cachorro bem trapalhão que mora numa cidadezinha onde todo mundo é melhor amigo um do outro. E numa de suas trapalhadas, ele prende sua amiga Duda e liberta o Zé do Mal, um feiticeiro muito cruel, que escapa para encontrar três diamantes mágicos capazes de criar uma força capaz de congelar o sol. Agora, uma lesma, uma vaca, um coelho e um trem, liderados pelo “corajoso” Dogão, terão que salvar o mundo dos planos malígnos de Zé do Mal

Curiosidades: 

  • O filme é comercializado no Brasil, porém somente na versão americana, ou seja, não ouvimos os dubladores originais, que é o caso da Vanessa
  • Conseguiu cerca de 839.199 entradas na França

 A Chave (La Clef, 2007)

Cartaz Oficial

Direção: Guillaume Nicloux
Personagem: Cécile
Sinopse: Éric Vincent (Guillaume Canet) recebe um misterioso telefonema de um estranho que lhe anuncia a morte de seu pai e o chama para vir pegar suas cinzas. Isso acaba por desencadear uma série de eventos envolvendo traficantes, ladrões profissionais, segredos de família e outros males que vão complicar a vida de Éric. À medida que a história avança, o desconhecido passado de Éric é revelado

Curiosidades:

  • Foi o primeiro filme onde vemos Vanessa fazendo o papel de coadjuvante
  • O filme faz parte de uma trilogia
  • A bilheteria total na França foi de 328.275 entradas

Como Arrasar Um Coração (L’Arnacoeur, 2010)

Cartaz Oficial Br

Direção: Pascal Chaumeil
Personagem: Juliette Van Der Becq
Sinopse:Sua filha vai sair com um cara mau? Sua irmã ficou presa em um relacionamento passional destrutivo? Hoje, há uma solução radical, ela se chama Alex (Romain Duris). Sua profissão: Destruidor de casais profissional. Seu método: a sedução. Sua missão: transformar qualquer namorado em ex. Mas Alex tem uma ética, ele ataca apenas casais onde a mulher está infeliz. Então, por que concordar em destruir um casal radiante de ricos trintões (Vanessa Paradis e Andrew Lincoln) que se casaram em uma semana?

Curiosidades:

  • Recebeu várias indicações em prêmios da França, inclusive de Melhor Primeiro Filme, pois o diretor jamais havia feito outro.
  • Mais de 20.000 pessoas assistiram aqui no Brasil, um número ótimo, pois na época estava competindo com grandes produções, como Piratas do Caribe 4, e foi distribuído somente em algumas capitais
  • Conseguiu mais de 5 milhões de espectadores pelo mundo, resultado e criticas muito boas
  • Seus direitos já foram vendidos para uma produtora americana, que quer fazer a refilmagem
  • Primeiro filme da Van com cartaz, dvd e trailer legendado lançados no Brasil

Café de Flore (2011)

Cartaz OficialDireção: Jean-Marc Vallée
Personagem: Jacqueline
Sinopse: Além do tempo, além da lógica, em busca de si mesmo e dos misteriosos fios que conectam a vida. Seis anos após C.R.A.Z.Y., Jean-Marc Vallée retorna, com um filme sobre música, emoções e entretenimento. Desta vez, ele nos leva em viagem por Paris da década de 60, o lar de Jacqueline (Vanessa Paradis), uma corajosa mãe de uma criança com síndrome de Down e pelos dias de hoje no Canadá, onde Antoine (Kevin Parent), um DJ famoso está se recuperando de um divórcio doloroso. Como em um quebra-cabeça, suas vidas se unem.

Curiosidades:

  • O filme conta uma história sobre almas/espiritismo
  • Vanessa ganhou dois prêmios como melhor atriz por sua atuação
  • Muitos acham ser um filme francês, mas é canadense. Na França, a bilheteria chegou aos 82.082 espectadores
  • O filme estreou no final de 2011, e continua estreando ao redor do mundo
  • O ponto forte é a trilha sonora, usada na mudança de cenas/época

Um Monstro em Parais (Un Monstre à Paris 2011)

Cartaz Oficial

Direção:Eric Bergeron
Personagem:Lucille (voz)
Sinopse:Ambientado em Paris no ano de 1910, um monstro (-M-) vive enclausurado em seu jardim, onde alimenta o amor por uma bela e jovem cantora Lucille (Vanessa Paradis)

Curiosidades:

  • O projeto do filme ficou cerca de 04 anos no papel, pois o diretor queria algo original e que fosse a cara da Vanessa e do -M- (amigo e parceiro de trabalho dela desde 2000)
  • Os personagens Lucille e Francoeur possuem características reais de Vanessa (dentes separados, olhos claros…) e Matthieu Chedid (cortes de cabelo, roupas…
  • A versão inglesa é dublada por Vanessa e Sean Lennon
  • O filme é um sucesso de bilheteria ao redor do mundo, alcançando só na França cerca de 1.748.205 espectadores
  • No início, Francoeur seria um vampiro, não uma pulga gigante
  • O filme deu origem ao clipe oficial de La Seine, canção tema. Vanessa e M encarnam os personagens e nos levam ao início do século 20. A brincadeira rendeu um prêmio no Victoires de La Musique por clipe do ano
  • Foi lançado em 2013 no Brasil, diretamente em dvd e blu-ray 3D.

Dubai Flamingo (2012)

Cartaz Oficial

Direção: Delphine Kreuter
Personagem: Jackie
Sinopse: Vincent (Sérgi Lopez) vive na torre Mirage, em Dubai. A sua mulher desaparece sem deixar rastros, é provável que tenha fugido com outro homem e Vicent decide aventurar-se à sua procura. Num estacionamento, ele encontra uma jovem mulher (Vanessa Paradis), em lágrimas e com uma estranha missão em mãos. Juntos, embarcam numa jornada pelos Emirados, entre cidades e desertos, entre a realidade e o sonho.


Curiosidades:

  • O filme teve sua estreia juntamente com Café de Flore, e acabou sendo ofuscado por ele e Un Monstre à Paris
  • Ficou apenas 1 semana em cartaz em Paris, devido a má-divulgação (tudo foi dedicado a Café de Flore, como as premieres e promos) e péssima distribuição, o filme não passou dos 10.000 espectadores, e acabou se tornando o obscuro da lista de trabalhos da Vanessa

Je Me Suis Fait Tout Petit (2012)

Cartaz Oficial

DireçãoCecilia Rouaud
Personagem: Emmanuelle
Sinopse:  Nada detém Yvan (Denis Menochet) em Paris. Sua esposa o deixou para viver na Tailândia. Suas filhas, adolescentes, escolheram viver com sua irmã Violeta, obsessiva e amável. Yvan está pronto para partir… quando desembarca em sua vida, a bela Emmanuelle (Vanessa Paradis) e Léo, o menino que sua esposa teve com outro. Yvan deverá mudar seus planos.

Curiosidades:

  • Vanessa pediu a diretora uma cena e diálogos longos com Léa Drucker
  • O filme é inspirado em uma música de Georges Brassens, Je Me Suis Fait Tout Petit

Cornouaille (2012)

Cartaz Oficial

Direção:  Anne Le Ny
Personagem: Odile
Sinopse: Odile (Vanessa Paradis)tem 35 anos, leva uma vida independente e bem organizada, que deixa pouco ao acaso. Tendo herdado a casa de sua tia, ao lado do oceano, a jovem faz uma viagem à Bretanha. É esta a casa assombrada na memória de Odile, onde acordava brincando, ou Loïc, seu suposto “amigo de infância reencontrado”, aquele que a levava para caminhos estranhos. 
O fato é que nesta Cornouaille misteriosa e varrida pelo vento, nada acontece como Odile estava esperando

Gigolô em Decadência (Fading Gigolo 2013)

Cartaz Oficial

Direção: John Turturro
Personagem: Avigal
Sinopse: Fioravante (Turturro) decide tornar-se um profissional Don Juan como uma forma de ganhar dinheiro para ajudar seu amigo sem dinheiro, Murray (Woody Allen). Com Murray agindo como seu cafetão, a dupla rapidamente encontra-se presa nas contracorrentes do amor e dinheiro.

Curiosidades:

  • É o primeiro filme americano que Vanessa atuará.

Homosapiennes (2014)

Direção: Audrey Dana
Personagem: Rose
Sinopse:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s