Divinidylle (2007)

Capa

No final de 07 anos sem lançar um disco de originais, 03 filmes e o nascimento do seu segundo filho com Johnny Depp, Jack John em 2002, Vanessa retorna a música com Divinidylle. Mesmo anos após lançar um disco, Vanessa volta com esse consagrado trabalho, considerado por muitos fãs o seu melhor, e no site Allmusic.com, seu terceiro melhor álbum (ficando atrás de Vanessa Paradis, 1992 e Au Zenith, 2001). Assim como em Bliss, Matthieu Chedid trabalha com ela, que além de assinar algumas canções, faz um duo (e depois saem juntos em turnê). E ainda como em Bliss, onde Vanessa dedicou algumas canções a família, Divinidylle não foi diferente, sendo a música que leva o nome do álbum descrita por muitos (nunca foi confirmado por Vanessa) como um “hino a felicidade” dela com Depp (a letra não foi escrita por eles), e Jackadi, escrita por ela para seu filho (no início ele canta a música tema de Popeye). O álbum vendeu cerca de 700 mil cópias, disponível em cd e vinil.

Tracklist

Divine Idylle (Marcel Kanche, Georges Kretek, Matthieu Chedid)
Chet Baker (Jean Fauque/Matthieu Chedid)
Les Piles with -M- (Thomas Fersen)
Dès que j’te vois (Matthieu Chedid)
Les Revenants (Franck Monnet/Vanessa Paradis)
Junior suite (Didier Golemans/Alain Chamfort)
L’Incendie (Didier Golemans/Vanessa Paradis, Serge Ubrette, Matthieu Chedid)
Irrésistiblement (Brigitte Fontaine/ Matthieu Chedid)
La Bataille (Franck Monnet/Vanessa Paradis)
La Mélodie (Franck Monnet/Vanessa Paradis)
Jackadi (Vanessa Paradis)

A capa novamente foi assinada por Johnny Depp, que foi um retrato de Vanessa pintado por ele. No instante que ela o viu, perguntou a Johnny se essa poderia ser a capa do álbum, pois ela queria muito compartilhar isso com os fãs, e ele aceitou. No encarte ainda, vemos uma pintura feita por Lily-Rose. Existem várias edições do álbum a venda, a japonesa, que vem com I Wouldn’t Dare como bônus, a primeira edição especial, que vem com três cartões postais, um livro de fotos e o cd, e a segunda edição especial definitiva, que além de conter tudo da primeira edição, vem com três faixas bônus:  I Wouldn’t Dare, Emmenez-moi e Abracadabra. Ambas vem com uma caixinha, onde vemos a pintura feita por Johnny em duas cores.

Singles

Após anos, Vanessa não lançou mais singles em formato cd/vinil, todos são digitais. Como foi o caso de Divine Idylle, com cerca de 50 mil, e Dès Que J’Te Vois, com cerca de 20 mil downloads vendidos.

Promos

Capa

Para a divulgação do novo cd, Vanessa participou de vários programas, incluindo Hit Machine, um Taratata especial, e outro especial, La Musicale, onde ela faz o show, com participação de Matthieu e de Ben Harper, com quem fez o duo Waiting On An Angel (que ela só havia cantado no show para a Rêves, em 1996).
O primeiro promo a ser distribuído é claro, Divine Idylle. A música fez muito sucesso não só na França, mas também na Bélgica e Suíça, por exemplo. Ganhou um clipe oficial.

Capa

O segundo promo foi a música Dès Que J’Te Vois, também muito bem aceita por fãs e críticos. Também possui um clipe oficial.

Capa

E o último promo foi L’Incendie. O clipe foi o terceiro dirigido pelo companheiro por 14 anos da Vanessa, Johnny Depp.

Confira abaixo o vídeo promocional do Making-Of, mais um mini acústico que Vanessa fez com Matthieu:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s